Skip to content

Sherlock Homes e a Vampira de Sussex

08/04/2010

No fim do século XIX, foi publicado na Strand Magazine, conceituada revista inglesa, uma série de histórias, onde um detetive conseguia resolver crimes misteriosos, graças a sua prodigiosa mente analítica e conhecimento criminal. Esse detetive estava sempre com seu amigo, um médico londrino, que narra essas aventuras.

É elementar que estou falando de Sherlock Holmes e do Dr. Watson, personagens imortais de Sir Arthur Conan Doyle.

Mas deve estar se perguntando: o que Sherlock Holmes tem a ver com vampiros? Tudo! Afinal, ele já “enfrentou” vampiros em um de seus casos, quando foi a Sussex, investigar o que estava acontecendo com o bebê do Sr. Ferguson, um rico comerciante, em desespero com um mistério terrível: seria a sua jovem esposa uma vampira?

Absurda, à primeira vista, a hipótese fica mais evidente depois que ele a vê se levantando do lado do berço de sua criança, com sangue escorrendo dos lábios. Temendo, também, por seu filho mais velho, Jack, um rapaz paralítico de 15 anos, Ferguson, vai até Londres, à Rua Baker Street, 221B, pedir a Sherlock Holmes a resolução desse caso.

A resposta que Holmes encontra para o mistério é completamente terrena e chocante.

Por Erik Santana

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: