Skip to content

A noite não chega! O Crepúsculo ainda é notícia!

16/04/2010

Que a saga Crepúsculo foi uma obra, no mínino, parcialmente plagiada, isso é fato e contra fatos não há argumentos. Que Meyer tem uma maneira incrível de prender o leitor às linhas e páginas também não podemos discordar, assim como é fato que sua obra sobre vampiros não possui nenhuma referência histórica ou literária. Mas as qualidades e os defeitos de seus livros não são o ponto de abordagem desse post. A questão é que, com todo esse rebuliço em torno dos vampiros, muitas mentes pensantes vêm analisando os motivos dessa febre incalculável. De onde vem toda essa “destreza”? Não se sabe. A questão é que, há poucos meses, as obras de Meyer foram as que mais receberam pedidos para serem retiradas das bibliotecas americanas. É a primeira vez que Stephenie faz parte desse grupo, que já teve gente como J.K. Rowling como protagonista. Devem estar se perguntando o motivo da censura? Uma das razões alegadas foi sexualidade explícita! É brincadeira? De mal gosto? Outras questões citadas para a retirada foram: ponto-de-vista religioso e inadequação para a faixa etária. Porém, os livros não correm o risco de sair das estantes das bibliotecas, pelo menos é o que garante uma das diretoras: “Proteger um dos nossos direitos fundamentais (a liberdade de leitura) quer dizer respeitar cada uma das diferenças e o direito de todas as pessoas escolherem, elas mesmas, o que elas e suas famílias vão ler”, citou a americana. Bem, a questão fundamental a ser explorada aqui são os porquês de a obra ter tantos não-adeptos nas terras do Tio San e como a mídia tupiniquim força a barra com algo totalmente sem tamanha grandeza literária. Pasmém gente, cada um lê o que quer e cabe aos órgãos responsáveis cuidar da devida adequação de faixa etária, assim como os pais e/ou escolas, leia sistemas de ensino. (Em ambos, infelizmente, só podemos lamentar). Em minha opinião, Crepúsculo e todo o restante dessas “histórias” são apenas histórias, não há cunho religioso, político e muito menos sensual (rever adaptação de faixa etária) nesta saga, pois ela nem mesmo possui resquícios literários.

Porquanto, o que mais me intriga é o fato, simples fato, de tudo e todos quererem ser totalmente contra ou totalmente a favor de Meyer e seus vampirinhos. Não é preciso tudo isso. Ela simplesmente escreveu um romance legível. Somente isso, ponto!

 

Por Erik Santana

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. 07/05/2010 11:01

    adoro a saga

  2. 09/07/2010 20:38

    Nome: Maíra Barbosa

    E-mail: mairabarbosa43@yahoo.com.br

    Cidade: leme do prado

    Estado: MG

    Mensagem: Tenho 18 anos, sou estudante de Ciências Econômicas, ganhei a metade da bolsa pelo PROUNI, sou apaixonada por ciência, economia, literatura, informação e tecnologia. Eu gostaria de pedir que me enviassem títulos concedidos como cortesia, gosto muito de ler, leio todos os gêneros e ficaria muito agradecida se me ajudarem. Meu endereço: Nome: Maíra Barbosa, endereço Rua Rafael de Souza, s/n, Acauã, Leme do Prado-MG Cep 39655-000.

    Obrigada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: